1 de mai de 2012

Cigarro eletrônico

Também conhecido como e-cig, e-cigarette ou simplesmente e-cigarro.

 Repare na luz, na ponta do cigarro. Não é uma chama, e sim, um LED.

Bastante difundido na Europa, este tipo de cigarro tem a venda proibida no Brasil pela Anvisa, por motivos imagináveis e inimagináveis.

O e-cigarro é composto por duas partes básicas:
  1. O vaporizador
  2. O cartucho
O vaporizador é um dispositivo eletrônico, que precisa ser carregado na tomada, como um equipamento eletrônico qualquer.

O cartucho contém água destilada e substância tóxica (nicotina). Existem também outras substâncias já conhecidas, tais como propilenoglicol, glicerina e flavorizantes, todas já amplamente utilizadas nos dias de hoje pela indústria alimentícia.

Ao ser tragado, o vaporizador atua sobre o cartucho, fazendo a água que está dentro dele vaporizar, e junto com a água, a nicotina. Portanto, a água vaporizada torna-se o meio de transporte para levar a nicotina aos pulmões do fumante.

O cigarro é comprado em forma de kit, que contém peças de reposição. Ou seja, após diversas tragadas, basta trocar a peça que contém a substância química e pronto (peça laranja na foto abaixo). O kit também possui dois dispositivos eletrônicos (parte branca na foto abaixo), onde estes "refis" são encaixados, dispositivos estes que devem ser carregados.

 

Para quem não fuma:

Quem não fuma geralmente se importa em ser um fumante passivo, mas neste caso, o que é expelido pelo fumante é vapor. Vale lembrar que o tabagismo passivo é a 3ª maior causa de morte evitável no mundo, de acordo com a OMS (causa câncer, infarto, etc).

Para quem fuma:

Um cigarro normal tem uma infinidade de substâncias, mas a que interessa mesmo ao fumante é a nicotina. Neste e-cigarro, não há estas outras substâncias, apenas a nicotina.

Características do e-cigarro:
  • Não compromete olfato e paladar;
  • Não causa escurecimento do dentes, inflamação das gengivas e mau hálito;
  • Não causa envelhecimento da pele
  • Não deixa mau cheiro na pessoa que fuma e no ambiente em que ela está fumando;
  • Não compromete o fôlego;
  • Não causa pigarro;
  • Não causa tosse crônica;
  • Não promove risco de incêndios;
  • Não polui o meio ambiente com bitucas;
  • Não provoca doenças relacionadas ao cigarro de tabaco, tais como: pneumonia, câncer (pulmão, bexiga, laringe, faringe, esôfago, boca, estômago), infarto de miocárdio, bronquite crônica, enfisema pulmonar, derrame cerebral, trombose, úlcera digestiva, impotência sexual, etc.;
  • Não expõe outras pessoas aos riscos da fumaça do tabaco (fumantes passivos);






E você? É à favor ou contra a liberação do e-cigarro no brasil? As questões políticas influenciarão nisto? (lembre-se dos bilhões que a indústria do tabaco movimenta no Brasil e no mundo).

Deixe sua opinião!




Fontes:
http://en.wikipedia.org/wiki/Electronic_cigarette
http://alfiantroxion.blogspot.com.br/2010/10/e-cigarette-report-1.html
http://www.cigarti.com/
http://www.efoxecigs.com/

27 de mar de 2011

Tela na barriga da grávida mostra o bebê ao vivo



Cinto com um display embutido permite a visualização ao vivo do feto.



Criado por um designer industrial, equipamento utiliza um sistema de ultrassom.



O equipamento ainda é um conceito, porém, com a tecnologia atual, você deverá concordar que em algum tempo estará disponível para venda (talvez não tão rápido aqui no Brasil).


Mas, convenhamos, esta idéia não é nova...



Fontes:
http://www.tuvie.com
http://wap.parrette.net
entre outros...

22 de mar de 2011

Projeção holográfica



É simplesmente fantástico... mas...

Reuniões à distância, entrevistas, programas de TV. Tudo isso se torna muito mais fácil "projetando" a pessoa que não está no local (às vezes do outro lado do mundo) para o mesmo recinto.

Também é utilizado para projetar imagens qualquer, tornando mais fácil e real uma explicação ou demonstração.



Está sendo bastante utilizada no Brasil, especialmente em programas de TV.





Futuramente, será implanta em carros (apesar de alguns carros de luxo já utilizarem).




Mas afinal, como funciona?

Nada melhor do que a wikipédia ou o howstuffworks para explicar isso, mas aqui vai um resumo:

Inicialmente, holografia é a reprodução de uma imagem por inteiro, sem utilização de suportes.

Nos casos acima, temos como suportes o vidro do retrovisor do carro, o vidro em que o Zeca Camargo parece estar flutuando, etc. Isto significa que: isto não é holografia. Isso mesmo!

Tudo isso mostrado aqui são meras projeções de imagem.

Mas a holografia não é reprodução de imagem? SIM!, porém, no AR. Você já viu alguma imagem ser reproduzida no ar? Provavelmente não pois ainda não existe, ninguém conseguiu fazer!

Bem, a primeira imagem deste post é uma montagem (olhe com atenção).
A segunda, tenho minhas dúvidas se há algum vidro no meio da mesa, mas creio que também seja uma montagem.

As da Globo são reais, porém, feitas num vidro, portanto, não são holografias.

Existem estudos em andamento para que se possa realizar uma holografia real, e como sempre, no meio do caminho são desenvolvidos "subprodutos", como os mostrados aqui.

Não chame uma projeção qualquer de holografia, pelo menos daqui pra frente!

Mas apesar de tudo, tenho impressão de que o futuro nos reserva grandes surpresas.


Fontes:
http://www.comprafacil.blog.br/tv-holografica-voce-ainda-vai-ter-uma/
http://chuteiraesaltoalto.blogspot.com/2010/05/jogos-da-copa-do-mundo-em-3d-que-nada-o.html
http://contrapontoonline.wordpress.com/category/ciencia-e-tecnologia/
http://www.cimm.com.br/portal/noticia/exibir_noticia/6012-projetor-hologrfico-cria-painel-virtual-no-retrovisor-do-carro
http://tecnologia.ig.com.br/noticia/2009/11/03/ingleses+criam+projecao+holografica+para+retrovisores+e+parabrisas+de+veiculos+9010037.html


Compartilhe!